segunda-feira, 12 de setembro de 2016

ARQUIVOS DE VÍDEO E MUSICA EM FORMATOS ABERTOS NO LINUX





O projeto Fedora, assim como a maioria das distribuições Linux (se não todas), é um grande defensor do software Open Source, e como um blog que aborda sobre Linux e em sua maior parte, conteúdos sobre o Fedora, não poderíamos deixar de abordar esse assunto, que é amplamente discutido no mundo Linux.

Você já deve ter ouvido falar que as distribuições Linux, não vêm com suporte para codecs de vídeo avi, mkv mp4 e mp3 instalados, exceto o Linux Mint até a sua versão 17(que já vinha com eles por padrão), por se trataram de programas ou ferramentas escritas em código fechado, algumas distribuições Linux, chegam a ser duramente criticadas por facilitarem a instalação desses de programas de código fechado e até mesmo esses codecs e plugins em formato proprietário. Sou a favor do software livre, da liberdade, inclusive da sua liberdade de escolher se quer utilizar um software de código aberto ou de código fechado. Mas para aqueles que quiserem ouvir músicas e assistir vídeos em formatos abertos, irei abordar aqui algumas ótimas opções.


MKV

Isso mesmo o MKV é o formato Matroska Vídeo, de código aberto, e sua maior utilidade esta na sincronização dos dados de vídeo com os de áudio, títulos, legendas entre outros. Ele trabalha com containers de dados de multimídia, integrando áudio, vídeo e legendas em arquivo único de boa qualidade.


WebM

Para quem não conhece, esse é uma excelente formato de vídeo em código aberto, desenvolvido pela Google. Um arquivo WebM é constituído em um fluxo de vídeo VP8, que foi desenvolvido pela On2 Tecnologies, e um fluxo de áudio ogg vorbis num arquivo recipiente matroska. Não entendeu? Resumindo é um formato assim como os .avi, .Mkv só que em formato aberto. Na qual você não tem a necessidade de recorrer aos softwares proprietários. Para quem já lidou com edição de vídeos usando o programa Kdelive, já se deparou com esse formato, pois o programa, renderiza os trabalhos utilizando esse formato. Se lhe interessou a ideia de utilizar os formatos aberto para assitir seus vídeos, você pode utilizar o programa HandBrake para mudar o formato dos seus arquivos, para saber como instalar ele no Fedora, clique aqui.



FLAC

O FLAC é uma formato de código aberto, que usa a compressão de áudio sem a perda de qualidade, comprimindo os dados sem a perda de qualidade do áudio original. Funciona como se fosse um arquivo zip comprimido, porém projetado para ser um executável de áudio suportado por muitos players de músicas.


OGG


Outro formato para arquivos de áudio aberto, criado pela Xiph.org, porém devido a grade fama do MP3, esse formato não tem encontrado maior espaço ultimamente.

Esses são alguns formatos, que as distribuições Linux poderiam e podem suportar por padrão desde a instalação, por se tratarem de formatos abertos.

Já conhecia usa ou usava esses formatos? Deixe aqui seu comentário.




Fontes aqui e aqui 
imagem disponível aqui


Veja também:



Nenhum comentário:
Write comentários

Acompanhe o Canal RikerLinux No Youtube

INSTALANDO IMPRESSORA BROTHER NO LINUX

CANAIS SOBRE LINUX QUE MAIS ASSISTO

Translate

Recent