sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

MAIS UMA EMPRESA SENDO PORTADA PARA O LINUX



É com imensa alegria que venho abordar o assunto sobre mais uma empresa abrindo suas portas para o Linux. Para quem não sabe, o número 80 da logo do nosso blog, que está no canto da maioria de nossas imagens foi desenvolvida pelo nosso colaborador Franklin e simboliza as primeiras 80 máquinas de um call center que eu fiz a transição para o Linux Fedora, no primeiro semestre de 2016. E devido ao grande sucesso outra empresa do ramo de telemarketing ativo entrou em contato comigo, desejando migrar as suas máquinas do Windows 7 para Fedora com XFCE.

Seguindo o exemplo da empresa anterior, devido a melhora de desempenho e diminuição dos custos, uma empresa do ramo de empréstimo consignados, resolveu investir trazendo as suas máquinas para o Linux. A diminuição do custo que uma empresa têm nesse sentido, é enorme, além de estar mais segura quanto em relação aos vírus de computadores.

É claro que para ser feita essa transição, devemos avaliar quais recursos a empresa precisa utilizar, e se formos tratar de mudanças mais radicais, é necessário que esteja incluso nas negociações um treinamento para que os funcionários da empresa possam se familiarizar com ferramentas importantes do Linux tais como o Libreoffice, o Evolution e/ou Thunderbird. 

Para melhor desempenho dos computadores, costumo escolher interfaces que consomem menos memória RAM, e são mais rápidas em máquinas com menor desempenho, assim como o Mate ou o XFCE. Nesse caso optei pelo XFCE, inclusive em breve pretendo fazer uma matéria sobre como estou me surpreendendo com essa interface. 

Na hora de escolher a distro, percebi diversas opções, que são excelentes tais como Ubuntu, Debian, Manjaro, CentOS, entre outras equilibrando quesitos como facilidade de uso, tempo de suporte, estabilidade, entre outros pontos muito importantes. Mas por ser utilizador do Fedora a 2 anos, e já estar acostumado com esse sistema, resolvi instalar essa distro magnífica, na qual me indentifico bastante. 
Partindo desses pontos, criei uma ISO como padrão, segundo as necessidades do cliente, repliquei em algumas máquinas e deixei aos cuidados do suporte de informática da empresa, na qual replicou nos demais computadores através do programa Clonezilla. 

Na imagem abaixo vocês podem ver a primeira instalação antes de ser criada a ISO customizada. 



 

Espero que gostem da matéria, se você conhece alguma empresa que poderia ser portada para o Linux, entre em contato atravès do nosso email rikerlinux@gmail.com.

Veja também:

TEMA MAC OS PARA UBUNTU
DICAS EXCLUSIVAS DO QUE FAZER APÓS INSTALAR O MANJARO
DRIVES NVIDEA NO FEDORA
INTEL MUDA O NOME, MAS FINALMENTE FORNECE SUPORTE GRÁFICO PARA UBUNTU E FEDORA

2 comentários:
Write comentários
  1. Anselmo como você fez para criar essa isso customizada é fácil de criar que estou pensando em baixar algumas ISOs e customizar segunda a necessidade do usuário?

    ResponderExcluir
  2. Para customizar a ISO, tem que ser via linha de comandos, pra incluir e excluir tudo o que for necessário. Para criar a ISO e replicar pode ser através do Clonezilla, e já ouvi falar que é possível também através do systemBack

    ResponderExcluir

Acompanhe o Canal RikerLinux No Youtube

HISTÓRIA DO GNOME SHELL

ADOÇÃO DE LINUX PELA PREFEITURA DE MUNIQUE NA ALEMANHA

Translate

Recent