domingo, 21 de maio de 2017

LINUX MACOS E BSD ESTÃO IMUNES AO WANNA CRY? SAIBA QUE SEU SISTEMA PODE SER INFECTADO TAMBÉM


Recentemente o mundo da tecnologia foi bombardeado com notícias sobre o ataque pelo vírus Wanna cry que afetou apenas os computadores com Windows deixando os usuários Linux e MacOS mais tranquilos.

O Linux pode ser afetado?


Apesar do Linux possuir uma estrutura totalmente diferente da qual o vírus foi projetado para agir, pode ser afetado, e para que isso aconteça basta que você tenha o Wine ou o CrossOver instalado na sua máquina. Nesse caso, se você fizer uma pesquisa na internet e localizar um arquivo que contenha o vírus, fazendo o download do mesmo e executando, terá todos os arquivos da partição home criptografados. 
Assim como o Linux, o MacOS e o BSD, também possuem ferramentas de emulação de programas do Windows, tais como o Wine e o CrossOver, o que os torna vulneráveis ao Wanna Cry.

A única maneira de estar protegido contra o Wanna Cry, é não possuir o Wine ou CrossOver instados, ou possuir um antivírus na sua máquina, pois a maioria dos mesmos já estão atualizados para combate-lo.

Após a criptografia o arquivo vai mudar para extensão WNCRY, e o conteúdo do arquivo também vai iniciar com o nome WANACRY. 


Se preferir pode fazer um teste através de uma máquina virtual. O vírus não vai afetar os aquivos do Linux, apenas os que estiverem na partição home.

Fique atento

As se você utiliza o Wine, fique atento as extensões dos arquivos que contém o vírus Wanna Cry:

.doc, .docx, .xls, .xlsx, .ppt, .pptx, .pst, .ost, .msg, .eml, .vsd, .vsdx, .txt, .csv, .rtf, .123, .wks, .wk1, .pdf, .dwg, .onetoc2, .snt, .jpeg, .jpg, .docb, .docm, .dot, .dotm, .dotx, .xlsm, .xlsb, .xlw, .xlt, .xlm, .xlc, .xltx, .xltm, .pptm, .pot, .pps, .ppsm, .ppsx, .ppam, .potx, .potm, .edb, .hwp, .602, .sxi, .sti, .sldx, .sldm, .sldm, .vdi, .vmdk, .vmx, .gpg, .aes, .ARC, .PAQ, .bz2, .tbk, .bak, .tar, .tgz, .gz, .7z, .rar, .zip, .backup, .iso, .vcd, .bmp, .png, .gif, .raw, .cgm, .tif, .tiff, .nef, .psd, .ai, .svg, .djvu, .m4u, .m3u, .mid, .wma, .flv, .3g2, .mkv, .3gp, .mp4, .mov, .avi, .asf, .mpeg, .vob, .mpg, .wmv, .fla, .swf, .wav, .mp3, .sh, .class, .jar, .java, .rb, .asp, .php, .jsp, .brd, .sch, .dch, .dip, .pl, .vb, .vbs, .ps1, .bat, .cmd, .js, .asm, .h, .pas, .cpp, .c, .cs, .suo, .sln, .ldf, .mdf, .ibd, .myi, .myd, .frm, .odb, .dbf, .db, .mdb, .accdb, .sql, .sqlitedb, .sqlite3, .asc, .lay6, .lay, .mml, .sxm, .otg, .odg, .uop, .std, .sxd, .otp, .odp, .wb2, .slk, .dif, .stc, .sxc, .ots, .ods, .3dm, .max, .3ds, .uot, .stw, .sxw, .ott, .odt, .pem, .p12, .csr, .crt, .key, .pfx e .der

Espero que essa notícia ajude.

Nenhum comentário:
Write comentários

Acompanhe o Canal RikerLinux No Youtube

INSTALANDO IMPRESSORA BROTHER NO LINUX

CANAIS SOBRE LINUX QUE MAIS ASSISTO

Translate

Recent